Região Friuli-Venezia-Giulia

Área test da Zona Industrial de Ponte Rosso (PN)

Esta área de teste está situada na Região Friuli-Venezia-Giulia no município de San Vito al Tagliamento (PN), dentro da zona industrial de Ponte Rosso na baixa planície fruiliana ocidental. O objectivo do projecto neste local é de desenvolver metodologias de melhoramento da qualidade da água de descarga industrial, de modo a tornar possível a recarga artificial no aquífero.

A área é caracterizada por materiais de textura grosseira (gravilha) à superfície com uma faixa de depósitos saibro-arenosos, que passa a sul de depósitos mais finos (limoso-argilosos). Com base nos dados recolhidos na bibliografia a permeabilidade da gravilha foi avaliada entre 5,0•10-1 - 3,0•10-1 m/s e a permeabilidade da areia grosseira entre 3,0•10-2 - 4,0•10-3 m/s.

Do ponto de vista hidrogeológico, a área é caracterizada pela presença de um aquífero freático superficial, por baixo do qual se desenvolve o sistema aquífero confinado da planície baixa, formado por sucessões de acquíferos subterrâneos que atingem profundidados da ordem dos 500 metros.

Fotos

 

Área de teste de Mereto di Tomba

A área de teste está situada no município de Mereto di Tomba (UD), na Região Friuli-Venezia Giulia. O objectivo do projecto neste local é de realizar testes de recarga artificial, através da infiltração por dispersão da água derivada do Canal Ledra. Pretende-se mitigar o progressivo abaixamento dos níveis piezométricos do aquífero freático, cujos sinais já são evidentes pela análise histórica (cerca de 50 anos) dos dados piezométricos, onde se verifica uma tendência negativa no sector de Alta Planície à esquerda do rio Tagliamento. Na zona de Mereto di Tomba em particular, observa-se um abaixamento médio do nível freático de 18 cm/ano, o que corresponde a uma perca de 19,2 * 106 m3/a di agua.

À Superfície, a área é caracterizada pela presença de gravilha, e de areias grosseiras levemente limososas com permeabilidade estimada em 5 * 10-5 m/s.

Do ponto de visto hidrogeológico, a área está situada na alta planície fruiliana e é caracterizada da presença de um aquífero freático; Na área de Mereto di Tomba em direcção a sul, o aquífero freático torna-se confinado por níveis de conglomerado compacto dando origem a fenómenos locais de aquíferos sobrepostos.

Fotos